Fórum de Poesia
 Regras do Fórum  .  Busca  .  Membros  .  Grupos  .  Cadastre-se   .  Perfil   Login
Isso é Poesia? Exibir próxima mensagem
Exibir mensagem anterior
Autor Mensagem
geraldovasconcelos



Mensagens: 34
Localização: Recife-PE

MensagemEnviada: Qua Jan 19, 2005 3:40 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

As pessoas têm o costume (péssimo) de achar que poesia deve ser emotiva e deve, primordialmente, em algum verso que seja de qualquer poema, tratar de amor. E, pior, é como se poesia fosse puramente manifestação do que se passam no íntimo de cada persona, em versos, desenhada com algum cuidado estético, em estrofes e, de preferência, rimadas. Isso é Poesia?
Ver o perfil de UsuáriosEnviar Email
Pupila



Mensagens: 4104
Localização: São Paulo

MensagemEnviada: Qua Jan 19, 2005 5:30 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Poesia não deve ser só sentimentos ou emotividade...mas pode ser.
No Dicionário encontramos o seguinte:
s. f.
1. Arte de escrever em verso.
2. Caráter do que desperta o sentimento de belo; inspiração

Sendo que hoje, muitos não concordam com a palavra 'inspiração', não acreditam nisso.

Vejo a Poesia como a Própria arte... a criação em si.
Um folha em branco e a magia, alguma coisa que transcende nas mãos do poeta, uma palavra que desdobra-se, que dança, que canta, que pinta, que esculpe, que arquiteta..e assim vai...
Externa e internamente algo acontece. Quanto as técnicas, elas estão aí, para serem usadas ou não.

Espero ler outras opiniões por aqui.
beijos

_________________
*ADESÃO AO POST ÚNICO - EM ASSUNTO: POEMAS DE...; DEPOIS use só o RESPONDER para novas postagens. *"INTERAJA com outros Membros";menos postagens e mais qualidade em comentários.
MAÍSA CRISTINA *Pupila
Membro Moderador do Fórum do Guia de Poesias.
Ver o perfil de UsuáriosEnviar EmailVisitar a homepage do UsuárioMSN Messenger
Pupila



Mensagens: 4104
Localização: São Paulo

MensagemEnviada: Qua Jan 19, 2005 10:54 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Voltei...
Li um comentário de Sandra Freitas no prefácio, que vai de encontro com este tópico...
Ela cita o escritor Manoel de Barros:

"Poesia é como você encontrar rosas numa sala. Você as vê ou sente seu perfume. Pode gostar ou não de suas cores ou cheiro. Elas podem lhe dar uma certa alegria na alma, ou não, etc. Mas você seria um tolo se perguntasse à dona: - Que querem dizer essas rosas?'

Achei muito interessante esta citação.
beijos Pupílicos

_________________
*ADESÃO AO POST ÚNICO - EM ASSUNTO: POEMAS DE...; DEPOIS use só o RESPONDER para novas postagens. *"INTERAJA com outros Membros";menos postagens e mais qualidade em comentários.
MAÍSA CRISTINA *Pupila
Membro Moderador do Fórum do Guia de Poesias.
Ver o perfil de UsuáriosEnviar EmailVisitar a homepage do UsuárioMSN Messenger
francisco marques



Mensagens: 1380
Localização: Tomar-Portugal

MensagemEnviada: Qui Jan 20, 2005 11:15 am Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Caro amigo geraldo

A poesia moderna em especial depois da Segunda Guerra mundial, passou a ser de autor e não de estilos.

Quanto ao rimar eu nem comento esse assunto porque acho engraçado que na arte se peçam regras quando a arte em si é a ausência de regras para criar.

Um abraço a todos
Chico
Ver o perfil de UsuáriosVisitar a homepage do Usuário
Diego Ramires



Mensagens: 271

MensagemEnviada: Qui Jan 20, 2005 7:09 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Caro Geraldo
Versinhos bonitos, lirismo impressionante a visões terceiras é belo, rima pobre, rima rica, rima para pata que sumiu é bonito. Uma pessoa que me correspondo, falou que poesia é trabalho, em certo ponto até devo concordar com tamanha afirmação, mas tenho um irmão meu, influenciado por alguns versos que de fato iniciou poesia, infelizmente não conseguiu prosseguir. A poesia é coisa de sangue, conheço muitos que não detém qualquer técnica, mas me instigam e escrevem versos, só Deus para crer, melhor que os ditos “poetas”.
Agora você querer taxar o que é poesia ou o que não é, cabe falar: Você pode escrever alguns versos bonitos, de fato, chegou até a me fazer questionar sobre o meu potencial, mas não reconhece um quarto do que é poesia. Depois deste tópico, fico a gargalhar sobre a falta de “poeta” em você - me perdoe – mas o célebre poeta Dante Alighieri, disse:
O maior de todos os poderes é o que comove o coração humano, e que faz quem quer passar a querer, e o contrário, faz quem não quer passar a não querer.
Digamos que o poeta se enquadra na primeira alegação de Dante, veja só, eu vinte e um anos falando como gente grande, falando mais ainda, eu reinvento, talvez amanhã teus filhos me lerão, os filhos dos teus filhos me lerão e os filhos dos teus filhos dos filhos me lerão, com a exceção de que eu nunca irei sobrepujar o que se fode de qualquer jeito, é jeito dele o que eu posso fazer a não ser dar alguns bons risos, sentir o que ele sentiu?
Mas a poesia não se fala, não se questiona, não se critica a não ser o próprio poeta que detém direito de fazê-lo, assim como Neruda em Crepusculário.

Se alguém por algum acaso pensar que eu não reinvento e crio da forma que eu quero: desculpa a prepotência, mas creio eu que ninguém consegue fazer rimas com o radical de uma palavra (pode até existir, mas não da minha geração) tão menos consegue criar um poema com base em cinco ou melhor ser tão lacônico a ponto do surrealismo de André Breton ser taxado de neo-surrealismo por Diego Ramires.

Sim, eu sou narcisista e se existe crítico do que faço primeiro terá que saber a mensagem que eu quis passar, claro, o maior crítico da minha arte sou eu e como infelizmente não nasci perfeito, cometo falhas. Admito não ser tão excelente quanto costumo ser bom. Mas se Bilac é príncipe dos poetas eu sou o mago dos insensatos. Não costumo fazer o que os outros fizeram, para viver o momento contemporâneo observo o passado, mas faço o futuro diferente, crendo que quem quer escrever, escreve da forma que o concerne.

Abraços

Diego
Ver o perfil de UsuáriosEnviar EmailVisitar a homepage do UsuárioMSN Messenger
Thaty Marcondes



Mensagens: 63
Localização: ponta grossa/pr

MensagemEnviada: Qui Jan 20, 2005 8:59 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Improviso na Escrita
Thaty Marcondes


Eu não sei as regras técnicas
da arte da poética.
Desconheço os parâmetros,
os ditames e as formalidades
do douto escrito.

Só entendo de sentir,
desabafar na escrita:
palavra grafada
que traduz o meu sentir,
grafia apalavrada
que acalma minha dor,
frase que escapa
mostrando meus pedaços,
textos sem forma
expondo minhas idéias.

A inspiração me impede que pense,
repense uma frase.
Quando deito as palavras,
maculo telas e pedaços de papel
sempre em rascunhos
que se tornam definitivos,
pois sou, eu própria,
um esboço em carvão da poesia:
jamais tela pintada,
em definitivo uma obra-prima!
Ver o perfil de UsuáriosVisitar a homepage do Usuário
Tere Penhabe



Mensagens: 801
Localização: Santos _SP

MensagemEnviada: Qui Jan 27, 2005 3:13 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Eu acho que não há como escrever o que você não está sentindo...portanto, a poesia é uma expressão de sentimentos, mas não obrigatoriamente de amor. Você pode sentir amor, raiva, indiferença, desprezo, medo...enfim, seja lá o que for que vc sinta e coloque em versos, será uma POESIA LIVRE.
Agora, se quero escrever um soneto, tenho que me ater às regras do soneto.
Se a minha inspiração me dita rimas, eu não vou tirá-las, só porque alguém não gosta delas.
Eu já gostei de poesias de todas as formas possíveis e imagináveis. Eu acho que a apreciação prende-se à idéia, ao contexto, à forma de expressão. Existe muita "cópia" poética, e nesse caso, com rima ou não, não tem como cativar a minha admiração, o que não quer dizer que isso ocorrerá com todos que a lerem. Enfim, eu acho que o exemplo das rosas está perfeito...mesmo eu gostando mais de flores do campo.
Abraços,

_________________
www.amoremversoeprosa.com
http://artculturalbrasil.blogspot.com/2009/01/terepenhabe.html
Ver o perfil de UsuáriosEnviar EmailVisitar a homepage do UsuárioMSN Messenger
isnard carvalho



Mensagens: 216
Localização: Juiz de Fora -MG

MensagemEnviada: Sex Jan 28, 2005 4:07 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Chico buarque, Vinícius de Moraes,e muitos outros recorreram à poesia prá falar de amor...ou eu não entendí a sua colocação.Um abraço,
Isnard Carvalho.
Ver o perfil de UsuáriosEnviar EmailYahoo MessengerMSN Messenger
Tere Penhabe



Mensagens: 801
Localização: Santos _SP

MensagemEnviada: Sex Jan 28, 2005 5:20 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

isnard carvalho escreveu:
Chico buarque, Vinícius de Moraes,e muitos outros recorreram à poesia prá falar de amor...ou eu não entendí a sua colocação.


Se foi a mim que você se dirigiu...

Não, vc não entendeu. É claro que esses poetas que vc citou, e milhares de outros escreveram e escrevem poemas de amor, inclusive eu, mesmo não me considerando poeta realmente, mas respondi ao Geraldo, especificamente no que ele disse, conf. cópia abx:
"As pessoas têm o costume (péssimo) de achar que poesia deve ser emotiva e deve, primordialmente, em algum verso que seja de qualquer poema, tratar de amor."
Baseada nisso, eu acho que a poesia tanto pode ser de amor ou não, mas será um sentimento de quem a escreveu.
Oxalá eu tenha esclarecido...
Se o seu comentário não foi feito ao meu, desculpe-me, mas não dava para ter certeza.
Abraço

_________________
www.amoremversoeprosa.com
http://artculturalbrasil.blogspot.com/2009/01/terepenhabe.html
Ver o perfil de UsuáriosEnviar EmailVisitar a homepage do UsuárioMSN Messenger
Marcos Cavalcanti



Mensagens: 14
Localização: Natal-RN

MensagemEnviada: Qua Fev 16, 2005 4:43 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Quero entrar na discussão para dizer coisa muito simples. Não procureis identificar uma poesia pela forma, pela métrica ou pela rima. Ela não se limita a isto. Não queirais também reduzi-la a conteúdos ou a temas específicos. Não há limites para poesia, nem de forma nem de conteúdo. A poesia fala de coisas tangíveis e intangíveis, de coisas concretas ou abstratas, fala com substantivos, verbos, adjetivos, ou só com interjeições. É com rima e é sem rima, é livre e de forma fixa. Leiam os textos, ainda que sejam escritos em parágrafos e não estrofados portanto, vocês poderão encontrar poesia. Não leram Iracema, não leram Macunaíma. E os poemas prosaicos de Drummond. E quanto ao poema concreto, processo.
A poesia é indefinível, mas é sentida pelo leitor poeta.

Um abraço a todos!
Marcos Cavalcanti

Vivo,
fui pretenso poeta
pré-fabricando
palavras
tensas.

Morto,
fui pretenso poeta
pré-fabricando
palavras
pensas.
Ver o perfil de UsuáriosEnviar Email
Bruno



Mensagens: 9

MensagemEnviada: Sex Fev 18, 2005 7:19 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Há um poema do suposto poeta e ex-Titãs Arnaldo Antunes que é assim:

.

Sim, esse pontinho aí é a tal "poesia". Agora me digam, será que realmente não há limites para a poesia? Porque para mim isso está muito distante de ser um poema!

Fernando Pessoa deve ter se revirado em seu túmulo depois que Arnaldo Antunes "escreveu" isso...
Ver o perfil de Usuários
bbrian



Mensagens: 3987
Localização: ES

MensagemEnviada: Sáb Abr 02, 2005 8:26 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Bruno escreveu:
Há um poema do suposto poeta e ex-Titãs Arnaldo Antunes que é assim:

.

Sim, esse pontinho aí é a tal "poesia". Agora me digam, será que realmente não há limites para a poesia? Porque para mim isso está muito distante de ser um poema!

Fernando Pessoa deve ter se revirado em seu túmulo depois que Arnaldo Antunes "escreveu" isso...


DEPENDE SE OS OLHOS PUDEREM ENXERGAR NELE, UM BEIJO, UMA ESTRELA CADENTE, UM ABRAÇO DA MAE, UMA CRIAÇA SORRINDO, OS MUTILADOS DA GUERRA, UM PASSARO VOANDO, A INTOLERANCIA, A FOME, A VIOLENCIA, UM FANTASMA,DEUS...

_________________
TODO SOFRIMENTO É UM INSTRUMENTO DE RESGATE!
Ver o perfil de Usuários
Robério Matos



Mensagens: 130
Localização: Natal-RN

MensagemEnviada: Sáb Abr 09, 2005 5:41 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

"Toda poesia é uma paisagem da alma" - (ORRIS SOARES)

_________________
Carpe Diem, amigo(a)
Robério Matos
www.roberiomatos.com
Ver o perfil de UsuáriosEnviar EmailVisitar a homepage do Usuário
JOANA SOUSA FREITAS



Mensagens: 1137

MensagemEnviada: Seg Abr 18, 2005 1:08 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Poesia é tudo isto e muito mais, para mim é liberdade de expressão, pureza da alma, sangue que nos corre nas veias com melhor ou pior talento.
A escrita é a paixão pelas coisas, pelas pessoas, pelo que nos exterioriza e interioriza o que está no mais fundo de nós, é alegria, tristeza, oscilação e duvidas, é razão e coração, e o tudo e o nada, o cheio e o vazio.
A poesia não serve apenas para ser apreciada, serve também para nos fazer reflectir, tentar compreender, como somente para se iluminar por ela.
Quantas vezes eu chorei por ler um poema?
Tantas vezes, apenas pela sua beleza, magia, mundo tão longe e perto do meu ao mesmo tempo. Chorei porque entrou em mim,, porque o senti, embora ainda hoje não consiga dizer exactamente o que compreendi de tal poema, ou porque chorei por ele e com ele, ou porque o senti de determinada maneira.
Todos nos identificamos, somos seres Humanos, e semelhantes apesar de culturas e histórias diferentes, para todos há um passado, presente e futuro; para todos há derrotas e vitorias.
Não precisa de ser poemas de amor, ou textos que o definam, ou o tentem, mas acredito que para serem belos tenham que ser realmente puros, e para isso o sentimento é necessário, seja ele qual for.
A poesia para mim é a possível libertação do grito em forma de silêncio suspenso no ar. Que respiramos diariamente.
E quando escrevo, embora escreva o que sinta realmente, não espero que me perguntem o que eu senti naquele momento, porque nem eu sei, já esqueci, porque fez parte daquele momento, para mim poesia é isto, e muito mais!

_________________
Joana sousa Freitas
Satierf
Ver o perfil de UsuáriosMSN Messenger
malee



Mensagens: 216
Localização: Santos/SP

MensagemEnviada: Seg Abr 18, 2005 2:38 pm Responder com CitaçãoVoltar ao Topo

Eu só tenho certeza de uma coisa em mim.....só escrevo "poesias" quando estou triste...isso é fato.
A poesia pra mim é aquilo que sentimos, não me imagino escrevendo uma coisa que não sinto, que não tenho intimidade para retrata-la...não me considero uma poetisa...nunca havia conseguido escrver nada, mas não foi por falta de sentimentos, foi por falta de inspiração.
Não escolhemos qdo vamos ter inspiração, ela simplesmente surgiu na minha vida e estou curtindo todo o tipo de pensamento que passo para o papel, que mostro para os amigos ..
As opiniões deles me fazem melhor mtas vezes.....mas será que existe alguém que possa da uma opinião correta daquilo q é uma poesia boa ou não?...na minha opinião não. A única pessoa seria nós mesmos...pois só nós sabemos aquilo q estamos sentindo.....q por mtas vezes naum foi expresso de uma maneira correta e que só nós enxergamos isso nela.....enfim gostaria mto de ter contatos com aqueles q de certa forma conseguiu entender o que quero dizer com isso.....queria saber se alguns pensam da mesma maneira.....ou se estou imaginando ou até criando uma opinião da realidade..........
Ver o perfil de Usuários
Mostrar os tópicos anteriores:      
Responder Mensagem


 Ir para:   



Exibir próxima mensagem
Exibir mensagem anterior
Enviar Mensagens Novas: Proibído.
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído.
Excluir Mensagens: Proibído.
Votar em Enquetes: Proibído.


Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group :: Visite o SobreSites: www.sobresites.com