SobreSites > Histórias em Quadrinhos > Tiras
Página Inicial do Guia
Portais de HQ
Quadrinhos Online
Blogs
Personagens
Guia de Compras
Tiras
Editoras
Livros
Revistas
Fóruns
Lojas
Festivais
Cursos e Estudios
Artigos e Resenhas
Bastidores
Envie Guia por E-mail
Fale com o Editor
Outros Guias
· Celtas
· Rpg
· Anime
· Tolkien
 
  Histórias em Quadrinhos
Bruno Cruz
Editor do seu Guia de Histórias em Quadrinhos
Pesquisa personalizada
TIRAS
Depósito do Calvin
É uma grande coletânea das tiras publicadas em português de Calvin & Haroldo. Há bastante material disponível. é o quarto do tópico blogs e o primeiro do tópico tiras
Mafalda.
O site oficial da personagem tem uma seção de tiras legendadas para o português. Considero isso mais interessante do que a simples tradução, porque desta forma o leitor tem a chance de ver o original do Quino.
Condomínio, Piratas do Tietê e outras do Laerte
É oficial do autor. Disponibiliza diversas tiras em seu arquivo. A consulta é gratuita e não há limite para o número de tiras. Tem também a opção de ver tiras aleatoriamente (a escolha do site), ou organizadas por temas [Gato e Gata, Piratas, Grafiteiro, Síndico, Fagundes, Overman, Los Três Amigos, dia-a-dia (classificados) e outras histórias].
Turma da Mônica
É oficial também. Disponibiliza 343 tiras da personagem com versão para o inglês. As tiras disponibilizadas são as produzidas a partir de 1999 até 2004. Interessante é que elas são numeradas pela seqüência cronológica e organizadas por personagens. Não me parece que o site seja completo (contenha todas as tiras produzidas nesse período).
O Mestre
Muita gente não sabe, mas o Brasil desenvolveu mais de uma arte marcial própria. Dentre elas, uma das mais interessantes é o Kombato. A rigor, os adeptos do Kombato a consideram uma técnica de defesa urbano. Mas por quê esse tópico num guia de quadrinhos¿ Bem, o mestre que desenvolveu essa técnica foi o Paulo de Albuquerque, que decidiu desenvolver uma série de tiras sobre o tema. As tiras têm uma boa narrativa apesar do traço pouco amadurecido do autor. Como é mais comum o contrário (tiras com bom traço é péssimo roteiro) creio que ela fez por merecer figurar nesta seção. As piadas são boas e o ritmo da narrativa está no ponto certo. Infelizmente o desenho foi feito com o strip Generation (um programinha de fazer tiras) o que o torna despersonalizado. Uma advertência: as piadas são bem fortes e violentas. Kombato, talvez tenha faltado dizer, visa à defesa pessoal em circunstâncias cotidianas. A filosofia da luta centra-se no medo do cidadão comum em ser vítima de ataques urbanos. A técnica de defesa é um contra-ataque rápido e eficaz. Não há, portanto, glamorização da luta.
Snoopy (ou Peanutus)
São as principais tiras de Snoopy em português. Para os mais novos que não curtiam tanto a tira publicada no JB, advirto que estava bem longe da fase áurea de Schultz. Aqui neste site, encontram-se tiras de 1959, quando Snoopy estava no melhor de seu humor. Vale a pena conhecer. Assim, ficará mais claro o por quê de tanto sucesso do personagem.
Niquel Náusea
Aqui encontra-se disponível várias tiras e algumas revistas do autor Fernando Gonzales. O personagem chefe é mesmo Niquel Náusea, a versão satirizada de mickey. As personagens de Gonzales são animais nada bonitinhos. E todos como uma tendência ao humor negro. O ritmo narrativo é excelente. O personagem é ótimo e não apresenta nenhuma tendência de esgotar-se. Mas não vale a pena falar muito, o melhor é navegar pelas tiras mesmo.
Os malvados
O site disponibiliza 731 tiras, mas tem que ir clicando no item tirinha de ontem para navegar nelas. Tem também uma lojinha virtual com os produtos de Os Malvados.
Radical Chic e Gatão
É o site oficial de Miguel Paiva. A navegabilidade não é muito boa e não contém muita informação. Mas vale conferir algumas tiras (apesar de serem poucas).
King features
Nos Estados Unidos, as tirinhas de quadrinhos são distribuídas por Syndicates (que nada tem em comum com o falso cognato sindicato). Eles funcionam nos mesmos moldes das grandes agências de notícias, só que ao invés de distribuir notícias, distribuem quadrinhos. Aquelas letrinhas que vemos nas verticais das tirinhas americanas, nos jornais brasileiros, são os nomes dos syndicates (ou agências) das quais aquelas tirinhas fazem parte. O King Features é um dos mais tradicionais. Ele detém os direitos de personagens como: Recruta Zero, Homem Aranha, Belina, Mandrake, Fantasma, Crock, Zoé e Zezé, Príncipe Valente, Touro-sentado, Popeye, Hagar, Os sobrinhos do capitão, Pinduca, Pimentinha, entre muitos outros. O site disponibiliza vários quadrinhos para venda em jornais com uma breve sinopse deles e ao menos sete tirinhas de cada. Tem também uma breve biografia de seus cartunistas. Entretanto, só disponibiliza informação em inglês.
Creators
Creators é uma mega agência de tirinhas de jornal que os americanos denominam como Syndicates. Ele detém os direitos do Archie (citado no Procura-se Amy, filme do Kevin Smith), Zé do Boné, Lord Gato (chamado pelo nome original de Headcliff pelo SBT), BC, Mago de Id, entre outros. O site disponibiliza algumas tiras também em espanhol. Eles costumam manter 15 tiras de cada personagem disponíveis. Fora as tiras em espanhol, o restante do conteúdo é em inglês.
UPS
Outro syndicate (agência de tiras de quadrinhos) americano. Durante muito tempo, teve a fama de ser o mais ousado dos syndicates, com as tirinhas mais críticas e fortes do mercado americano. Foi por ele que o Henfil foi rechaçado pelo público americano. O UPS teve, entre seus lançamentos, personagens como Calvin, Mad Monks (o nosso), Dilbert.
Humor Tadela
O site de humor publica três tiras por dia desde julho de 2003. Atualmente, os quadrinistas do site são Zappa, Arionauro e Kemp. O traço dos três são bons, mas as piadas ainda são bem fracas. As do Kemp são um pouco melhores, apesar de constantemente apelativas (ele tem um humor que lembra o Caco Galhardo ). O site publicava tiras próprias do Humor Tadela até abril de 2004, quando passou a ficar só com os colaboradores. Antes da entrada do Kemp, o site contava com a participação de Gilmar. Chamo a atenção para as tiras iniciais de Arionauro, que continham piadas mais interessantes que as atuais. O quadrinista se esgotou com o tempo. Contém todas as tiras armazenadas desde 2003.
A história de Beirafim
Em 1984 o cartunista Oswaldo Pullen publicou no Correio Brasiliense a tira de “a história de Beirafim”, com os personagens Alípio, o Lelé e o Grande Águia. Foram ao todo duzentas tiras. No site, ele disponibiliza algumas dessas tiras publicadas naquele período e também as tiras que tem feito hoje só para a Internet. Pullen não tem a mesma empatia nas tiras atuais que tinha nas tiras de Beirafim. Ele tem se aventurado agora em retratar o universo do candomblé, com seu personagem Pai Nono.
10 pãezinhos
São as tiras de Gabriel Bá. Eu não gosto muito nem do traço, nem das piadas da tira, mas confesso que a nova fase “mundo simples” tem potencial interessante. Talvez Gabriel esteja amadurecendo sua narrativa. De todo modo, eu gosto do jeito como ele usa as cores em sua obra.
Vasques
O traço de Vasques é bom, mas ainda falta alcançar o tempo das piadas da narrativa.
Tiras nacionais
O espírito do blog é postar tiras ao invés de textos. A idéia é boa, mas tem muito material ruim. Ele começou a aceitar cartum, o que gerou uma certa confusão. Preferia quando era especificamente de tiras. Chamo a atenção para as tiras do Fadão, com Marko Adjaric (editor do Neorama). Entre os colaboradores, há nomes como Laerte, Allan Sieber, André Daimher.
Na capa
Do cartunista Velasco. A narrativa ainda não está amadurecida, mas o traço é bem interessante. Creio que vale a pena conferidar.
Grump
Orlandeli é um dos artistas mais promissores da central de tiras. Em seu blog pessoal, o cartunista disponibilizou algumas tiras de Grump. Ótimo traço, com uma boa narrativa.
UniversoRan
Não curto muito o Ran, mas para quem gosta o blog é repleto de tiras do personagem com comentários do próprio Salvador (é o criador conversando com a criatura). O Ran foi publicado no JB.
Cuca&Racha
Este é o blog do Sampaio. Tem algumas tiras muito boas de seus personagens Cuca&Racha. O traço e o desenvolvimento narrativos do cartunista são bem interessantes.
Projeto SobreSites | Sala de Imprensa | Usabilidade
Política de Privacidade | Condições de Uso | Torne-se Editor